Como nasceu o Cc

Home / Como nasceu o Cc

O Colégio Cascavelense nasceu da ideia dos educadores e irmãos filhos desta terra, professores: Edmundo Reis Bessa (Edir) e Evânio Reis Bessa. A escola recebeu no batismo o adjetivo pátrio da terra: “Colégio Cascavelense”, numa justa homenagem de seus fundadores à terra natal: Cascavel, CE. O projeto arquitetônico ficou sob os cálculos do engenheiro civil, Dr. José Íris de Lima. A pedra fundamental foi assentada em 30 de setembro de 1991, para construção em ritmo acelerado do prédio principal com 10 salas de aula arejadas e banhadas pela luminosidade natural do sol, banheiros, biblioteca, área coberta, cantina, secretaria-diretoria, numa área física de 1.317 m2, envolvida por uma área verde de mangueiras centenárias, plantadas pelo Cel. Horácio de Oliveira Bessa e Edmundo Bessa avô e pai dos fundadores; o terreno é propriedade de família, desde 1913. O prédio principal mede 63,40m de frente por 15,10m de largura, com o privilégio de ser a escola com maior área verde da cidade.

A construção teve um impulso com a venda de um terreno à municipalidade, para construção de uma escola pública no bairro Bessalândia (atual E.E.F. Municipal Júlia de Melo), aprovada pela Câmara Municipal de Cascavel, na sessão de 03 de outubro de 1991.

Com o lema, “Nasce uma escola, venha fazer parte desta família”, em 7 de dezembro, foi oficializado o termo de sua fundação e iniciaram-se suas atividades junto à comunidade cascavelense: Foram abertas as matrículas para o ano letivo de 1992. No dia 7 de dezembro de 1991 – o prédio em construção – às 15h, reuniram-se na residência de Maria de Lourdes Reis Bessa, genitora dos fundadores, à rua João Lopes Ferreira Filho, nº 2.100 educadores e servidores, quando formalizaram a FUNDAÇÃO da escola. Nessa ocasião foi analisado e aprovado o regimento escolar, elaborado o quadro de professores e funcionários, criação do conselho escolar, sistema de avaliação, recuperação, direitos do corpo docente e discente. Assinaram esta “Ata de Fundação”: Edmundo Reis Bessa, Evânio Reis Bessa, Antônio Rodrigues Noberto, Antônia Elisabet Rodrigues Martins, Antônio Leonardo Rodrigues Santana, Antonioni Ferreira Chaves, Cleires Maria Ferreira Lima, Francisca Maria Ciríaco Ramires, Francisco José Felipe de Souza, Francisco Silva de Castro, João José Matos Moreira, José Albino de Lima, Francisco de Assis Matos Castro, Maria Carmoza Chaves, Maria Célia Silva Alcântara, Maria Éster da Costa Silva, Maria Helena Oliveira de Souza, Nengiza Gonçalves Bento, Rosângela Maria Colaço Rocha Castro, Séfora Magnólia Coelho, Simone Moura Almeida e Vera Lúcia Peixoto Franco.